Mundo

Plano europeu para o clima é uma 'loucura', afirma ministro italiano

;

postado em 18/10/2008 11:41
ROMA - O plano europeu para o clima "é uma loucura", tanto para as empresas como para os Estados, afirmou neste sábado (18/10) o ministro italiano da Administração Pública, Renato Brunetta, em resposta às críticas feita à Itália por parte da Comissão Européia. "A Europa tem poucas razões para nos criticar porque o plano 20-20-20 é uma loucura, tanto para as empresas como para os Estados", declarou o ministro em visita ao norte do país, segundo a imprensa. Brunetta se referia ao projeto da União Européia conhecido como plano 20-20-20 pelas três metas fixadas: reduzir em 20% as emissões de gás causadores do efeito estufa, que as energias renováveis representem 20% do total consumido e alcançar uma economia de 20% de energia. Tudo isso para 2020. "A atitude (da Comissão Européia) é uma loucura, sobretudo em um país manufatureiro como a Itália que tem uma densidade de empresas superior à média européia e que ficaria em desvantagem", afirmou o ministro. O chefe do governo italiano, Silvio Berlusconi, afirma que o custo anual do projeto seria de 25 bilhões de euros, enquanto o comissário europeu para o Meio Ambiente, Stavros Dimas, se declarou "aturdido" por essa cifra e se perguntou "de onde (Berlusconi) havia tirado" isso.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação