Publicidade

Correio Braziliense

Petroleiro saudita seqüestrado por piratas está na Somália

 


postado em 18/11/2008 07:56 / atualizado em 18/11/2008 08:01

DUBAI - Um petroleiro saudita carregado com dois milhões de barris de combustível que foi seqüestrado por piratas em pleno Oceano Índico está nesta terça-feira (18/11) nas costas da Somália. "O petroleiro está nas costas da Somália e continua sob controle dos piratas", declarou uma fonte da Quinta Frota dos Estados Unidos, com base no Bahrein. Os 25 membros da tripulação, incluindo dois britânicos, estão em bom estado de saúde. "Ninguém a bordo do navio foi ferido", declarou uma fonte da companhia Vela International Marine Lt, que administra petroleiro "Siris Star", que pertence à gigante saudita Aramco. A fonte, que pediu anonimato, revelou que o "Sirius Star", tem capacidade de dois milhões de barris, sua carga no momento do seqüestro, o que representa 100 milhões de dólares.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade