Publicidade

Correio Braziliense

Saudita é decapitado por assassinar o próprio pai

 


postado em 20/12/2008 08:53 / atualizado em 20/12/2008 09:04

RYAD - Um saudita, reconhecido culpado pelo assassinado de seu próprio pai, foi decapitado com sabre neste sábado (20/12) na província de Assyr, no sul da Arábia Saudita, anunciou o ministério do Interior. Obeid Ben Saïd Al-Qahtani foi condenado à morte por ter matado a tiros seu pai logo após uma discussão, acrescentou o ministério em um comunicado publicado pela agência oficial Spa. Sua decapitação eleva a 97 o número de execuções anunciadas este ano por autoridades sauditas. Em 14 de outubro, a organização Anistia Internacional se manifestou contra o fato de o governo saudita continuar executando pessoas, a um ritmo médio de mais de duas por semana. Em 2007, o governo bateu recorde com 153 execuções, contra 37 em 2006. O recorde anterior, de 113 execuções, era de 2000.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade