Publicidade

Correio Braziliense

Força internacional seria ineficaz em Gaza

 


postado em 11/01/2009 12:01 / atualizado em 11/01/2009 12:02

Jerusalém - Um alto responsável do ministério da Defesa israelense, o general Amos Gilad, considerou neste domingo que uma força internacional seria incapaz de impedir o contrabando de armas entre Egito e a Faixa de Gaza. "Como poderiam os dinamarqueses ou os suecos impedir o contrabando de armas?", perguntou-se na rádio pública Gilad, que viajará para o Cairo nos próximos dias, segundo os meios de comunicação. "Ninguém está pedindo o envio de semelhante força internacional", acrescentou, destacando que o Egito considera que tal envio na sua fronteira seria um "atentado à soberania". Entretanto, considerou possível convencer o Egito, que possui forças armadas e de segurança eficazes, a acabar com o contrabando de armas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade