Publicidade

Correio Braziliense

Modelo é um das referências da indústria aeronáutica

 


postado em 15/01/2009 19:42 / atualizado em 15/01/2009 19:51

O Airbus A320 é uma aeronave comercial para passageiros voltada para rotas médias e curtas. Lançada oficialmente em 1984, foi encomendado pela Air France e British Caledonian, inicialmente. O primeiro protótipo voou em fevereiro de 1987, equipado com dois motores CMF56 e recebeu homologação um ano mais tarde, em fevereiro de 1988. O A320 tornou-se referência em tecnologia, com avanços inéditos: é o primeiro avião comercial subsônico totalmente comandado pelo sistema FBW (Fly-by-wire) do mundo, e uma novidade que provocou polêmica: dispensando os manches de controle, substituídos por side-sticks, mais parecidos com joysticks usados em vídeogames. Além disso, os computadores do avião "assumiriam o comando" da aeronave caso alguns parâmetros de controle fossem desrespeitados. Essa filosofia de controle foi duramente criticada pelos concorrentes. No início das operações da aeronave, esse avanço tecnológico provocou pelo menos três acidentes fatais, em que as tripulações "brigaram" com a máquina pelo comando da própria. Hoje, o A320 é o modelo de maior sucesso da empresa, e pode ser no futuro uma das aeronaves comerciais mais vendidas da história da aviação. Variantes O Airbus A320 possui 4 variantes, todas com base no A320, sendo algumas mais curtas, como o A319/A318 , e mais alongadas como o A321. A capacidade de passageiros nesta versões, variam de 100 a 200 pessoas. Entre as principais caracteristicas do A320-200 são os winglets, a maior capacidade de carregar combustível e maior alcance frente a versão -100 inicial. Outras diferenças são mínimas. O alcance com 150 passageiros para o A320-200 é de 5.400 Km (2,900 nm). É equipado por 2 turbofans CFMI CFM56-5 ou IAE V2500 com empuxo entre 25.500 a 27.000 libras de força (113 kN a 120 kN). O concorrente direto é o Boeing 737-800.

Um dos Airbus A320 operados pela USAirways (foto: Divulgação/USAirways)
Um dos Airbus A320 operados pela USAirways (foto: Divulgação/USAirways)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade