Mundo

Premiê turco é recebido como herói depois de bate-boca com Peres

;

postado em 30/01/2009 08:05
ISTAMBUL - O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, foi recebido como herói na noite de quinta-feira, em Istambul, em sua volta de Davos (Suíça), onde abandonou um debate sobre o conflito em Gaza no qual participava o presidente israelense, Shimon Peres. O movimento radical palestinos Hamas também enviou uma nota agradecendo o gesto de Erdogan de defender as vítimas em Gaza. Cerca de 3 mil pessoas, segundo os canais de tv turcos, foram receber o chefe de Governo no aeroporto internacional Ataturk de Istambul, agitando bandeiras turcas e gritando slogans "estamos orgulhos de você". Na véspera, Erdogan deixou de repente um debate sobre o conflito em Gaza por ter sido impedido de falar após uma longa intervenção do presidente israelense. "Não acho que voltarei a Davos", dissera Erdogan, muito irritado, ao deixar o recinto, onde também estavam o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e o secretário da Liga Árabe, Amr Mussa. Recep Tayyip Erdogan ficou furioso e abandonou de repente um debate sobre o conflito em Gaza realizado durante o Fórum Econômico Mundial de Davos por ter sido impedido de falar. O Hamas enviou uma nota de agradecimento: "O Hamas presta tributo à corajosa posição de Recep Tayyip Erdogan, que defendeu ao vivo em Davos as vítimas da guerra sionista criminosa contra nossos filhos e mulheres em Gaza, na cara do mal sionista Shimon Peres", afirmou o porta-voz Fawzi Barhoum em um comunicado. "Consideramos sua saída da sala como uma expressão de apoio às vítimas do Holocausto cometido pelos sionistas", acrescentou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação