Mundo

Obama faz vídeo de apoio à candidatura de Chicago

;

postado em 04/04/2009 16:36
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, entrou definitivamente na luta para levar a Olimpíada de 2016 para Chicago, cidade que é seu berço político e que disputa a eleição com Rio de Janeiro (Brasil), Madri (Espanha) e Tóquio (Japão). Em vídeo de quatro minutos, apresentado neste sábado aos inspetores do Comitê Olímpico Internacional (COI), ele defendeu a candidatura norte-americana. Chicago foi a primeira das quatro finalistas a receber a inspeção dos delegados do COI, que ainda passarão por Tóquio, Rio e Madri para avaliar os projetos e as reais condições das candidaturas. Assim, com base nestes relatórios, os membros da entidade poderão escolher, no dia 2 de outubro, na Dinamarca, a cidade que organizará os Jogos Olímpicos de 2016. Um dos trunfos de Chicago é justamente Obama, que mostrou todo seu apoio à candidatura neste sábado, durante o vídeo de quatro minutos mostrado aos inspetores do COI. "É uma cidade em que pessoas de todas as raças, religiões e nacionalidades vivem e trabalham, em busca do sonho americano que as trouxe para cá", afirmou o presidente dos Estados Unidos. Diante da preocupação do COI sobre as condições de Chicago para construir uma Vila Olímpica e todas as outras instalações necessárias para os Jogos, mesmo vivendo uma crise econômica, Obama lembrou do passado. Citou a reconstrução da cidade após o grande incêndio de 1871 e também a organização da Feira Mundial durante o período de depressão pós crise de 29. "Essa é uma cidade que vive e respira os ideais de perseverança" afirmou Obama, durante um trecho do vídeo apresentado neste sábado, em que também apresentou Chicago como um local progressista e com preocupações ambientais. Assim, ele espera ter convencido os inspetores do COI da seriedade e da força do projeto da candidatura norte-americana.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação