Publicidade

Correio Braziliense

Sequestradores do capitão americano tinham entre 17 e 19 anos

 


postado em 13/04/2009 16:00 / atualizado em 13/04/2009 16:01

Os piratas somalis que mantiveram como refém durante cinco dias o capitão americano do cargueiro "Maersk Alabama", Richard Phillips, tinham entre 17 e 19 anos, informou nesta segunda-feira (13/04) o secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates. Os piratas, três dos quais foram abatidos domingo (12/04) durante operação de resgate do capitão e o quarto, capturado por militares americanos, estavam "munidos de armas pesadas", explicou Gates durante entrevista à imprensa no War College do Corpo de Marines, em Quantico, Virgínia (leste).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade