Publicidade

Correio Braziliense

Lugo pede desculpas por escândalos de paternidade

 


postado em 24/04/2009 14:10 / atualizado em 24/04/2009 14:19

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, pediu nesta sexta-feira (24/04) perdão pelo escândalo provocado nas últimas semanas por três denúncias de paternidade contra ele feitas por três mulheres diferentes. "Com relação aos acontecimentos que são de público debate, que tem a ver com informes de paternidade referidos à minha pessoa, quero expressar o seguinte: sou um ser humano e por tanto nada humano me é alheio", afirmou Lugo, lendo uma declaração no Palácio de Governo. "Ao tempo de pedir perdão por essas circunstâncias, quero ratificar que minha versão será sempre a verdade", prosseguiu. "Quando a verdade nos acompanhe plenamente, verão a esse presidente como um pai disposto a multiplicar afetos e cuidados", afirmou. Dois dos filhos teriam sido concebidos ainda quando Lugo era bispo. Até agora, o presidente assumiu apenas uma das crianças.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade