Publicidade

Correio Braziliense

Popularidade de Chávez encosta nos 60%

 


postado em 14/05/2009 19:14 / atualizado em 14/05/2009 19:15

A popularidade do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, está em 59,3%, após sua vitória no referendo sobre a reeleição presidencial, apesar de decisões recentes que não obtiveram apoio da maioria. Segundo pesquisa da empresa Datanálisis, consultada pela AFP nesta quinta-feira, desde o referendo de fevereiro Chávez aumentou em quase cinco pontos percentuais sua popularidade, algo que após um sucesso eleitoral é "perfeitamente previsível". No entanto e, segundo esta pesquisa, mais de 70% dos venezuelanos criticaram a ação do governo contra governadores e prefeitos da oposição, rejeitando, também, o fim da propriedade privada - dois dos setores nos quais Chávez foi mais incisivo nas últimas semanas. O diretor da Datanálisis, Luis Vicente León, atribuiu o aumento da popularidade de Chávez a fatores como a manutenção do gasto social, que permanece intocável apesar da crise. "Além disso, a oposição está dramaticamente enfraquecida, sem uma reação popular que venha em sua ajuda. A massa que se opõe a Chávez está passiva, atemorizada", explicou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade