Publicidade

Correio Braziliense

Brasileiro é condenado por crime na Áustria

 


postado em 19/05/2009 20:52 / atualizado em 19/05/2009 20:52

Um brasileiro de 18 anos foi condenado nesta terça-feira a 14 anos de prisão por ter matado uma mulher austríaca depois de roubar-lhe 30 euros, em julho de 2007, informou um tribunal de Graz (sul). O jovem, que tinha 17 anos na época, atacou a mulher de 75 anos perto de um bosque. Ante a resistência da vítima, agrediu-a até que caísse no chão. Voltou em seguida para assestar-lhe outros golpes na cabeça para que perdesse a memória, explicou ele próprio ante o tribunal; mas os ferimentos foram mortais. O rapaz tentou esconder o corpo com folhas. "Não teve piedade da mulher?", perguntou um dos jurados ao homicida, criado num bairro pobre do Rio de Janeiro. "Ninguém nunca teve piedade de mim. Aprendi aqui a saber o que é isso, mas naquele momento não tive esse sentimento", respondeu. Responsabilizado pelo crime e qualificado como muito inteligente pelo psiquiatra que o examinou, o brasileiro foi considerado culpado de roubo com circunstância agravante e homicídio, por unanimidade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade