Publicidade

Correio Braziliense

Cheney defende política de segurança de Bush

 


postado em 21/05/2009 16:08 / atualizado em 21/05/2009 16:20

WASHINGTON - O ex-vice-presidente Dick Cheney disse nesta quinta-feira que apoia as políticas de segurança do governo de George W. Bush e que voltaria a tomar as mesmas decisões "sem hesitar", acrescentando que trazer para os Estados Unidos os "piores terroristas" de Guantánamo seria "um grande perigo". "Hoje falo como uma pessoa que estava lá em cada dia do governo Bush e que apoiou as políticas quando foram tomadas, e sem hesitar voltaria a fazê-lo se houvesse as mesmas circunstâncias", disse Cheney em um discurso no Centro de Estudo e Análises American Enterprise Institute. Cheney afirmou também que os "duros" métodos empregados contra supostos terroristas tinham salvado vidas de americanos. Por outro lado, trazer para os Estados Unidos os "piores terroristas" da prisão de Guantánamo -que o presidente Barack Obama prometeu fechar- seria "um grande perigo".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade