Publicidade

Correio Braziliense

Família Obama visita catedral de Notre Dame

 


postado em 07/06/2009 10:06 / atualizado em 07/06/2009 10:07

O presidente americano, Barack Obama, sua mulher, Michelle, e as filhas, Malia e Sasha, visitaram na noite desse sábado (06/06) a catedral de Notre Dame de Paris, após o fim das comemorações oficiais dos 65 anos do Dia D na Normandia. A numerosa caravana presidencial chegou por volta das 20h00 locais sob forte esquema de segurança à mais famosa catedral de Paris, que foi fechada ao público para a visita dos Obama, que durou pouco mais de uma hora. O monsenhor Patrick Jacquin, reitor e arcipreste de Notre Dame fez as vezes de guia para os Obama, mostrando-lhes toda o interior da catedral. No fim da visita, a família subiu em uma das torres de Notre Dame, de onde acenou para o público e tirou fotos. "Tudo correu muito bem, era a visita de uma família em férias", disse à AFP um porta-voz do arcebispado. Jornalistas e curiosos foram mantidos a 150 metros de distância pelas barreiras de segurança, enquanto um helicóptero sobrevoava o local. Por volta das 21H10, a família deixou a Île de la Cité para jantar no restaurante La Fontaine de Mars, perto da Torre Eiffel. "O ambiente estava muito descontraído, eles estavam muito contentes. Disseram ter tido 'a wonderful meal'", declarou à AFP Gabriel de Carvalho, um dos garçons do bistrô. "Eram cinco comensais: o presidente, Michelle Obama, uma das duas filhas, uma escritora americana e uma quinta pessoa", informou. "O presidente foi extremamente amável com o pessoal. Jantou cordeiro (...). Sem vinho, só água. Os outros convidados comeram filé", acrescentou. Na manhã de domingo, Barack e Michelle devem visitar o museu de arte moderna Georges-Pompidou. Obama deixará a França ao meio-dia de domingo, enquanto Michelle, Malia e Sasha permanecerão no país por mais um dia para novas visitas culturais e turísticas, além de um encontro com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e a primeira-dama, Carla Bruni.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade