Publicidade

Correio Braziliense

Moussavi anuncia criação de frente política


postado em 15/07/2009 08:14

TEERÃ - O principal candidato de oposição derrotado nas eleições presidenciais iranianas, Mir Hossein Moussavi, lançará uma frente política, ao mesmo tempo que os conservadores criticam sistematicamente o líder opositor e seus aliados políticos, informa a imprensa de Teerã. "A criação de uma frente política está na agenda de Mir Hossein Moussavi e a anunciaremos em breve", declarou Alireza Beheshti, colaborador do candidato, ao jornal reformista Sarmayeh. O colaborador não revelou os nomes dos movimentos políticos nem das personalidades que integrarão a frente frente política, que já recebeu um apoio indireto do irmão do ex-presidente Akbar Hashemi Rafsanjani. Há alguns dias, um dos líderes da oposição liberal, Ezattollah Sahabi, pediu a Moussavi, ao candidato reformista Mehdi Karubi e ao ex-presidente reformista Mohamad Khatami que criassem um grande movimento político. Moussavi e Karubi denunciaram os resultados oficiais das eleições, que deram a reeleição ao presidente Mahmud Ahmadinejad com 63% dos votos, e pediram em vão a anulação do pleito. Mas os conservadores já reagiram e um dos líderes do movimento que apoia Ahmadinejad, Hamid Reza Taraghi, condicionou a autorização para uma frente política a que Moussavi reconheça a "legitimidade do governo". O anúncio coincide com os ataques da imprensa e dos políticos conservadores contra Mussavi, Khatami e a família Rafsanjani. O jornal ultraconservador Javan denunciou na primeira página o que chamou de "novo triângulo maléfico".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade