Publicidade

Correio Braziliense

Congresso hondurenho analisa Plano Arias


postado em 27/07/2009 21:28

O Congresso hondurenho analisava nesta segunda-feira o plano do presidente da Costa Rica, Oscar Arias, para resolver a crise política criada pelo golpe de Estado contra o presidente Manuel Zelaya. O Parlamento, que se reuniu poucas vezes desde o golpe de Estado, em 28 de junho passado, foi convocado para analisar o plano de Arias, elogiado pelo presidente interino, Roberto Micheletti, e apoiado pelos militares, mas que tropeça na exigência do retorno de Zelaya ao poder. A sessão teve início após as 16H00 local (19H00 Brasília), com pouco mais da metade dos deputados do Congresso, e as discussões podem se estender pela noite. O Plano Arias prevê a volta de Manuel Zelaya ao poder em Tegucigalpa, na chefia de um governo de união nacional. Após ter pisado simbolicamente no solo hondurenho na sexta-feira passada, Zelaya anunciou hoje a intenção de permanecer durante toda a semana na Nicarágua, a alguns quilômetros da fronteira com Honduras, para organizar uma "frente cívica de resistência contra o golpe de Estado".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade