Publicidade

Correio Braziliense

Unesco continua sem diretor-geral


postado em 17/09/2009 16:28

Nenhum candidato conseguiu o número de votos suficiente para ser designado diretor-geral da Unesco, em eleição realizada nesta quinta-feira e da qual o egípcio Farouk Hosni era o grande favorito, anunciou a organização. "Nenhum candidato obteve a maioria dos votos necessária para ser eleito. Um segundo turno será realizado amanhã (sexta-feira)", declarou o presidente do conselho executivo da Unesco, o beninense Olabiyi Babalola Joseph Yai. Segundo uma fonte da Unesco, Farouk Hosni, cuja candidatura suscitou uma polêmica devido a declarações antissemitas que ele teria feito no pasado, conseguiu 22 dos 30 votos necessários para uma eleição no primeiro turno. Ele superou a candidata búlgara Irina Bokova (oito votos), a comissária europeia Benita Ferrero-Waldner e a equatoriana Ivonne Baki (sete votos cada uma). Todos os candidatos poderão participar do segundo turno. A votação poderá ter até cinco turnos, até terça-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade