Publicidade

Correio Braziliense

Polônia ratifica Tratado de Lisboa


postado em 10/10/2009 10:16

VARSÓVIA - O presidente polonês, Lech Kaczynski, assinou neste sábado (10/10) o Tratado de Lisboa, oficializando assim a ratificação da Polônia, em uma cerimônia realizada no palácio presidencial de Varsóvia.

"A mudança de decisão do povo irlandês fez com que o tratado voltasse à vida, e com que já não houvesse obstáculos para ratificá-lo", declarou Kaczynski. "Hoje é um dia muito importante para a história da Polônia e da União Europeia".

A cerimônia contou com a presença do presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, e do presidente do Parlamento Europeu, Jerzy Buzek, além do primeiro-ministro sueco Fredrik Reinfeldt, cujo país ocupa atualmente a presidência rotativa do bloco.

Com a ampla vitória do 'sim' no referendo irlandês e a assinatura do documento pelo presidente Kaczynski, falta apenas a República Tcheca para concluir o processo de ratificação do tratado, que tem como objetivo reformar alguns aspectos da UE.

Para que o texto entre em vigor, o chefe de Estado tcheco, Vaclav Klaus, precisa assinar o documento - que já foi ratificado pelo Parlamento de seu país.

Klaus, adversário declarado do Tratado de Lisboa, espera o veredicto da Corte constitucional tcheca, que estuda um recurso contra o texto apresentado pelos aliados políticos do presidente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade