Publicidade

Correio Braziliense

Hamas critica administração de Obama


postado em 11/10/2009 19:18

O líder do Hamas no exílio, Khaled Mechaal, criticou neste domingo (11/10) de Damasco, na Síria, a administração do presidente americano, Barack Obama, e afirmou que a resistência à ocupação israelense é uma escolha estratégica. "A administração Obama usa uma linguagem diferente, mas suas ações não são distintas às da administração anterior, de George W. Bush", declarou Mechaal em um discurso.

"A administração Obama não fez nada por nós em relação à colonização israelense nos territórios palestinos", acrescentou.

"Nossa terra, toda Palestina, está ocupada. Deve ser recuperada pelos palestinos. A ocupação israelense é ilegal e a resistência constitui nossa escolha estratégica para liberar a nossa terra e recuperar nossos direitos", insistiu Mechaal, que está baseado em Damasco. "Há hoje um complô para liquidar a causa palestina", afirmou, lançando duras críticas à Autoridade palestina de Mahmud Abbas. "A presidência de Abbas perdeu sua legitimidade", disse.

A Autoridade palestina e o Hamas estão em conflito desde à violenta tomada de poder na faixa de Gaza pelo movimento islamita em junho de 2007.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade