Mundo

Propriedade de ex-ministra argentina condenada por corrupção é leiloada

Agência France-Presse
postado em 11/11/2009 21:19
Uma importante propriedade de María Julia Alsogaray, ministra do governo de Carlos Menem (1989/99) na Argentina, foi arrematada nesta quarta-feira (11/11) por US$ 916 mil, dinheiro que será devolvido aos cofres públicos devido à condenação de Alsogaray por enriquecimento ilícito. O leilão aconteceu em um tribunal, e três grupos fizeram ofertas para adquirir o imóvel, localizado em um bairro de luxo de Buenos Aires, indicou uma fonte judicial. Alsogaray, de 67 anos, foi condenada em um processo por enriquecimento ilícito durante sua passagem pelo alto escalão do governo argentino. Como alegou não ter dinheiro para pagar, a justiça decidiu leiloar um de seus bens. Conhecida como 'Dama de ferro' por ter se identificado política e pessoalmente com a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, a ex-ministra passou 21 meses presa entre 2003 e 2005, condenada por corrupção. Filha do falecido ex-candidato presidencial e economista Alvaro Alsogaray, líder histórico da direita conservadora argentina durante três décadas, Alsogaray agiu como interventora-privatizadora na estatal de telefonia argentina e na siderúrgica Somisa. O escândalo sempre fez parte da carreira política de Alsogaray durante o governo Menem, de quem foi secretária com status de ministra de Recursos Naturais e Ambiente Humano, quando aceitou posar para a capa de uma revista vestindo apenas um casaco de pele. Durante o julgamento, Alsogaray confessou que os ministros de Menem recebiam até 100.000 pesos para complementar os salários, quantia equivalente em dólares da época, já que a economia argentina ainda era dolarizada.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação