Publicidade

Correio Braziliense

Correa: "Unasul decidiu não reconhecer as eleições em Honduras"


postado em 27/11/2009 12:45

BRUXELAS - A União das Nações Sul-Americanas (Unasul) não reconhecerá as eleições que serão realizadas no domingo, em Honduras, organizadas pelo regime de fato, afirmou nesta sexta-feira (27/11), em Bruxelas, o presidente de Equador, Rafael Correa, que pediu à União Europeia (UE) que tome a mesma decisão. "A decisão da Unasul está tomada: não vamos reconhecer as eleições sob o governo de fato de Roberto Micheletti, que serão reconhecidas pelos Estados Unidos", declarou Correa após uma conferência sobre as relações entre América Latina e UE em Bruxelas. "Espero que a União Europeia adote a mesma postura que a Unasul", destacou o dirigente equatoriano e presidente da aliança sul-americana, que está em visita oficial à Bélgica. "Agora vamos ver quem é quem, quem acredita na democracia e quem não", enfatizou. No entanto o Peru, membro da Unasul, já anunciou que reconhecerá os resultados das eleições de 29 de novembro em Honduras.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade