Publicidade

Correio Braziliense

Hospital de campanha brasileiro faz primeira cirurgia no Haiti


postado em 18/01/2010 11:29

A haitiana Banatte Pierre, de 37 anos, foi a primeira pessoa a passar por uma cirurgia no hospital de campanha montado pelo governo brasileiro em Porto Príncipe, capital do Haiti. De acordo com nota divulgada pela Aeronáutica nesta segunda-feira (18/1), ela foi operada na noite de ontem e teve o pé amputado. A mulher sofreu ferimentos com a queda de um muro de uma igreja no centro da cidade, em decorrência do terremoto de 7 graus, no último dia 12. Os médicos avaliaram que a cirurgia era o único procedimento recomendável diante da situação. Com os tremores, Banatte perdeu ainda uma filha de 3 anos. A Aeronáutica informou que, a partir de hoje, a triagem de pacientes será feita diariamente pela equipe de enfermagem da Força Aérea Brasileira (FAB). Além da cirurgia de Banatte, também foram realizados dois exames de ultrassonografia ontem. Um deles confirmou o bom estado da gestação de oito meses de uma mulher que se feriu no terremoto. O hospital de campanha foi instalado em uma área ao lado da base brasileira General Bacelar, em Porto Príncipe. O espaço fica no bairro de Tabarre, a 10 quilômetros do centro da capital. A equipe, formada por 48 militares da área de saúde, é composta por profissionais de várias especialidades da medicina, enfermagem, odontologia e farmácia para atender diariamente de 300 a 400 pessoas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade