Publicidade

Correio Braziliense

Ministério britânico: regulação das águas argentinas é um assunto argentino


postado em 16/02/2010 20:55

A regulação das águas territoriais da Argentina é um assunto que cabe a esse país, indicou nesta terça-feira o Ministério britânico das Relações Exteriores, após o decreto que obrigará os barcos que as atravessam a pedir autorização. "As normas que regem as águas territoriais argentinas são assunto das autoridades argentinas", declarou um porta-voz do Foreign Office em Londres. "Isso não afeta as águas territoriais das Falklands (nome dado pelos britânicos às Malvinas), que são controladas pelas autoridades da ilha", acrescentou. O chefe de Gabinete argentino, Aníbal Fernández, anunciou algumas horas antes que os barcos que quiserem atravessar águas argentinas em direção às Malvinas terão que pedir autorização Argentina, país que disputa a soberania das ilhas com a Grã-Bretanha, segundo um decreto assinado pela presidente Cristina Kirchner. A medida argentina é uma resposta à autorização dada pela Grã-Bretanha para o início da exploração de petróleo na bacia das Malvinas, ocupadas pelos britânicos desde 1833 e que causaram uma guerra entre os dois países em 1982. O potencial petrolífero das Malvinas é um dos pontos de maior atrito na disputa pela soberania das ilhas entre Buenos Aires e Londres. O Ministério das Relações Exteriores britânico insistiu nesta terça-feira na "relação próxima e produtiva" que ambos os países mantêm. "Argentina e Reino Unido são sócios importantes. Temos uma relação próxima e produtiva em uma variedade de temas bilaterais e multilaterais", declarou o porta-voz.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade