Publicidade

Correio Braziliense

Pedofilia: bispo da Bélgica renuncia


postado em 22/04/2010 20:10

Um bispo da Bélgica, cujo nome ainda não foi divulgado, renunciou após um caso de pedofilia, e se soma à lista crescente de membros do clero vítimas dos escândalos que sacodem a Igreja católica, informaram nesta quinta-feira diferentes fontes.

À noite, a Conferência Episcopal da Bélgica convocou para esta sexta-feira uma coletiva de imprensa sobre o tema com o líder da Igreja católica belga, monsenhor André-Joseph Leonard, e com responsáveis pela comissão de investigação para os casos de pedofilia na Igreja.

A Conferência Episcopal não informou nem o nome do bispo em questão, e nem as razões exatas de sua renúncia.

Uma fonte próxima ao caso indicou à AFP que se trataria de um assunto de pedofilia e, segundo a agência de notícias Belga, a origem da renúncia seria por "feitos graves".

Estas fontes não informaram em um primeiro momento se o bispo se declarou culpado de um fato ou se encobriu outra pessoa.

Além de Leonard, o monsenhor Guy Harpigny, bispo de Tournai e integrante da "comissão para o tratamento de acusações de abusos sexuais em uma relação pastoral", assim como o professor Peter Adriaenssens, presidente desta comissão, participarão da coletiva de imprensa, que ocorrerá nesta sexta-feira ao meio-dia em Bruxelas.

Nesta quinta-feira, o papa Bento XVI aceitou a renúncia de outro bispo irlandês após um escândalo de abusos sexuais contra crianças cometidos por religiosos na Irlanda. Trata-se do monsenhor James Moriarty, que admitiu que "deveria ter questionado a cultura imperante" de ocultação que reina, segundo ele, nesta instituição.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade