Publicidade

Correio Braziliense

EUA abandonam expressão "guerra contra o terrorismo"


postado em 27/05/2010 08:23

A nova estratégia de segurança nacional do presidente Barack Obama aponta a rede Al-Qaeda como o principal inimigo dos Estados Unidos e não faz mais referência à "guerra contra o terrorismo", segundo um documento divulgado pela Casa Branca nesta quinta-feira (27/5).

"Tentaremos deslegitmar o uso do terrorismo e isolar aqueles que o praticam", afirma o documento.

"Não é uma guerra mundial contra uma tática - o terrorismo - ou uma religião - o islã", completa o texto.

"Nós estamos em guerra com uma rede específica, Al-Qaeda, e os terroristas que a apoiam em seus esforços para atacar os Estados Unidos e nossos aliados", conclui a nota oficial.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade