Publicidade

Correio Braziliense

Caricaturas de Uribe circulam durante reunião da Unasul


postado em 29/07/2010 22:09

Caricaturas do presidente colombiano, Alvaro Uribe, circulavam hoje (29/7) no prédio em Quito onde estão reunidos os chanceleres da Unasul, para tratar do rompimento das relações entre Colômbia e Venezuela.

Os desenhos foram deixados em uma mesa na área onde estão os jornalistas que cobrem a reunião entre os chanceleres Jaime Bermúdez (Colômbia) e Nicolás Maduro (Venezuela), na sede do ministério equatoriano das Relações Exteriores.

Alguns exemplares chegaram às mãos dos jornalistas, enquanto o pessoal da chancelaria local tentava recolher os desenhos, qualificados de "ofensa" a Uribe.

Uma caricatura mostra Uribe sobre vários cadáveres, ao lado de paramilitares de direita, em referência à denúncia da oposição colombiana e de ONGs sobre a possível existência de uma fossa comum com milhares de corpos de rebeldes no sul da Colômbia.

Chanceleres e representantes dos doze membros da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) debatem em Quito a ruptura das relações diplomáticas entre Venezuela e Colômbia, provocada pela denúncia de Bogotá sobre a presença de guerrilheiros colombianos no país vizinho.

O governo venezuelano pediu uma reunião "de emergência" para "denunciar as graves agressões" de Bogotá contra Caracas.

Em 22 de julho, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, rompeu relações com a Colômbia após Bogotá denunciar na Organização dos Estados Americanos (OEA) a presença de 1,5 mil guerrilheiros colombianos no território venezuelano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade