Publicidade

Correio Braziliense

Kanye West lamenta ter chamado Bush de racista


postado em 10/11/2010 14:19

WASHINGTON - O astro do rap americano Kanye West, que em 2005 afirmou que o então presidente Bush não se importava com os negros por causa da lenta reação do governo após a passagem do furacão Katrina, lamentou sua declaração em uma entrevista nesta quarta-feira.

"Eu diria a George W. Bush que, no momento de frustração, eu não tinha fundamentos para chamá-lo de racista", declarou o rapper à NBC.

"Creio que, numa situação de emoções fortes como aquela, nem sempre usamos as palavras adequadas", acrescentou West, que criticou Bush em um programa organizado na época para arrecadar fundos para as vítimas do Katrina, em setembro de 2005.

West expressou seu arrependimento depois que Bush afirmou publicamente esta semana que as críticas segundo as quais a resposta lenta de seu governo às vítimas do Katrina se deveu a seu racismo foi um dos momentos "mais desagradáveis" de seu mandato.

O ex-presidente George W. Bush, praticamente silencioso desde que deixou a Casa Branca, retornou à cena com a publicação, nesta terça-feira, de suas memórias. No livro, ele justifica a guerra ao terrorismo e a invasão do Iraque.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade