Mundo

Jornalistas estrangeiros são proibidos de deixar hotel em Trípoli

postado em 04/03/2011 09:24
Brasília ; No 17; dia de conflitos na Líbia, os jornalistas estrangeiros convidados pelo regime de Muammar Khadafi para conhecer o país estão impedidos de deixar o hotel, em Trípoli. As informações foram divulgadas pela rede de televisão árabe Al Arabiya. Os profissionais de imprensa foram convidados pelo líbio a conhecer o país e verificar o que ele chama de realidade.

A emissora, com sede no Dubai, nos Emirados Árabes, noticiou que os jornalistas estrangeiros pretendiam sair às ruas da capital líbia para fazer reportagens nas mesquitas, depois da oração semanal das sextas-feiras, mas foram impedidos pelas autoridades.

Nas últimas semanas, as sextas-feiras (dia sagrado do Islamismo) em vários países do mundo árabe têm sido marcadas por manifestações de oposição ao regime. Os rebeldes líbios apelaram à população de Trípoli para que hoje voltasse a protestar.

O regime de Kadhafi é alvo de uma série de protestos desde 15 de fevereiro. As manifestações se transformaram em confronto desde que os oposicionistas passaram a controlar parte da Líbia. A oposição exige a saída de Khadafi, que está no poder desde 1969, mantém o controle sobre a capital e sobre as cidades de Sirte (no Noroeste) e Saba (no Sudoeste).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação