Publicidade

Estado de Minas

Diante de ameça de ataque áereo, ditador líbio anuncia cessar-fogo imediato


postado em 18/03/2011 10:28 / atualizado em 18/03/2011 12:44

O regime líbio de Muammar Khadafi anunciou hoje (18) o fim das operações militares e um cessar-fogo imediato, de acordo com o ministro de Assuntos Estrangeiros do país, Mussa Kussa.

O anúncio foi feito logo após a decisão do Conselho de Segurança da Organização da Organização das Nações Unidas (ONU) de impor uma zona de exclusão aérea na Líbia.

Ontem (17/3) à noite o Conselho de Segurança da ONU aprovou,  com 10 votos favoráveis e 5 abstenções, inclusive a do Brasil, a resolução que estabelece a zona de exclusão aérea e autoriza “todas as medidas necessárias” para “proteger civis e áreas habitadas [por civis]” de ataques das forças leais ao regime do presidente Muammar Khadafi.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade