Publicidade

Estado de Minas

EUA retiram pessoal diplomático do Iêmen


postado em 26/05/2011 08:16

WASHINGTON - Os Estados Unidos determinaram nesta quarta-feira a retirada dos funcionários não essenciais e dos familiares de seu pessoal diplomático no Iêmen, informou o departamento americano de Estado.

A decisão ocorre após o presidente americano, Barack Obama, pedir a saída do líder iemenita, Ali Abdallah Saleh, em um discurso realizado em Londres.

Em seu comunicado, o departamento de Estado adverte que os cidadãos americanos enfrentam um elevadíssimo nível de insegurança no Iêmen em razão de atividades terroristas e da rebelião no país.

Ao menos 38 pessoas morreram na terça-feira em violentos confrontos entre membros armados de uma tribo e forças governamentais, em um bairro do norte de Sanaa.

Vinte e quatro membros da tribo liderada por Sadek al-Ahmar morreram e dezenas ficaram feridos. O confronto matou ainda 14 soldados e outros dois estão desaparecidos.

Nesta quarta, partidários de Al-Ahmar ocuparam os escritórios da agência oficial de notícias iemenita SABA e instalações da companhia nacional aérea iemenita, depois de tentarem tomar o ministério do Interior.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade