Mundo

Embargo russo contra verduras da União Européia não viola normas da OMC

postado em 06/06/2011 12:17
Moscou - O representante russo na União Europeia (UE), Vladimir Shikhov, negou nesta segunda-feira que o embargo decretado pelo país contra as verduras europeias por causa da epidemia bacteriana viole as normas da Organização Mundial do Comércio (OMC).

"Nas regras da OMC fala-se claramente e sem ambiguidade que é possível impor tais proibições no caso de ameaças para a saúde e a vida da população", disse, em vídeo-conferência de Bruxelas.

A Rússia proibiu na quinta-feira a importação de hortaliças produzidas por todos os países da UE devido ao surto infeccioso causado pela bactéria E.coli (Eceh), que já causou 22 mortes na Europa.

O representante da UE na Rússia, Fernando Valenzuela, considerou na sexta-feira que esta proibição russa violava as regras da OMC, organização que Moscou quer aderir este ano.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação