Mundo

Coreia do Norte criará 'zonas econômicas' na fronteira com a China

postado em 06/06/2011 13:25
Seul - A Coreia do Norte anunciou nesta segunda-feira a criação de duas "zonas econômicas" nas ilhas fronteiriças com a China, para reforçar as trocas com esse poderoso vizinho e aliado, que recentemente instou esse regime comunista a seguir seu exemplo em matéria de desenvolvimento.

Pyongyang "decidiu implementar a zona econômica nas ilhas Hwanggumphyong e Wihwa para reforçar a amizade entre a República Democrática da Coreia e a China (...)", indiciou a agência oficial KCNA.

Estas duas ilhas estão localizadas no estuário do rio Yalu, que marca a fronteira entre Coreia do Norte e a China.

Este anúncio da Coreia do Norte ocorre pouco depois de uma visita oficial à China do líder norte-coreano Kim Jong-il, durante a qual Pequim pediu a seu aliado que se inspirasse no modelo de desenvolvimento econômico chinês para ajudá-lo a sair da pobreza e do isolamento internacional.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação