Publicidade

Estado de Minas

Líbano anuncia novo governo


postado em 13/06/2011 11:05

Beirute - O primeiro-ministro designado no Líbano, Najib Mikati, anunciou nesta segunda-feira, depois de cinco meses de árduas negociações, um novo governo de 30 ministros dominado pelo poderoso Hezbollah xiita e seus aliados, em especial o cristão Michel Aun.

O grupo agora dispõe de maioria das pastas (19), e o resto (11) foi repartido entre partidários do presidente da República, Michel Suleiman, do Mikati e do líder druso Walid Jumblatt, considerados "neutros".

O novo gabinete é boicotado pelo grupo do ex-primeiro-ministro Saad Hariri, parlamentar minoritário da oposição.

Em 12 de janeiro, o Hezbollah e seus aliados havia retirado seus ministros do governo de união de Saad Hariri, em meio a tensões relacionadas como tribunal da ONU encarregado da investigação sobre o assassinato do ex-premier Rafic Hariri, pai de Saad.

Apesar de nomeado graças aos deputados no campo do Hezbollah, Mikati rejeitou apresentar-se como "o homem do Hezbollah", mostrando sua autonomia política frente às pressões.

  • Tags
  • #
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade