Publicidade

Estado de Minas

Netanyahu pensa em congelamento limitado da colonização na Cisjordânia


postado em 21/10/2011 09:04

Jerusalém - O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, concorda com um congelamento limitado da colonização na Cisjordânia, que envolveria a construção de edifícios públicos e as terras patrimoniais, informa o jornal Haaretz.

Mas Netanyahu não estaria disposto a interromper as construções de promotores privados em terras pertencentes a particulares, onde estão localizados muitos assentamentos, completa o Haaretz. A iniciativa teria como objetivo permitir a retomada das conversações de paz com os palestinos, bloqueadas há mais de um ano.

Os dirigentes palestinos afirmam que não retornarão às negociações com Israel sem o bloqueio da colonização na Cisjordânia ocupada, assim como em Jerusalém Oriental anexada.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade