Mundo

Obama manda suspender deportação de 1,6 mil imigrantes ilegais

postado em 20/01/2012 09:31
Em meio à decisão do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, de facilitar a concessão de vistos para brasileiros e chineses, o governo norte-americano anunciou na quinta-feira (19) o fim dos procedimentos de deportação de mais de 1,6 mil imigrantes ilegais. Os imigrantes vivem nas regiões de Denver (Colorado) e Baltimore (Maryland). De acordo com as autoridades, essas pessoas não são consideradas ameaça à segurança nacional.

A recomendação foi dada após a revisão de 11.682 processos pendentes envolvendo imigrantes ilegais. A orientação de Obama é para as autoridades darem prioridade às deportações de pessoas que cometeram crimes e que representem uma ameaça pública à segurança nacional.

De acordo com dados preliminares, 7.923 casos foram revistos em Denver, no estado do Colorado, sendo que 1.301 processos foram arquivados. Em Baltimore, no estado do Maryland, 366 dos 3.759 casos de deportações revistos também foram recomendados para arquivo.

[SAIBAMAIS]Funcionários do governo informaram que o cancelamento das deportações depende, essencialmente, de uma espécie de atestado de bons antecedentes. No ano passado, o governo norte-americano anunciou que cerca de 300 mil casos de deportação pendentes seriam revistos desde que os imigrantes ilegais não representassem ameaça pública à segurança nacional.

Os imigrantes cujos processos são arquivados não ganham estatuto legal e ainda podem ser sujeitos a deportação caso cometam crimes ou se tornem uma ameaça nacional. A revisão dos processos de deportação pendentes deverá ser finalizada no primeiro semestre deste ano.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação