Publicidade

Estado de Minas

Fundador do WikiLeaks, Julian Assange anuncia candidatura ao Senado


postado em 17/03/2012 09:33

Sydney - O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, atualmente em prisão domiciliar no Reino Unido, anunciou neste sábado (17/3) no Twitter que pretende disputar as eleições ao Senado na Austrália, previstas para 2013. De nacionalidade australiana, Assange, que viu o portal WikiLeaks ganhar fama em 2010 ao divulgar documentos militares secretos sobre o Iraque e o Afeganistão, assim como telegramas diplomáticos americanos, está em prisão domiciliar na Inglaterra há um ano.

Ele aguarda a decisão definitiva da justiça britânica sobre uma ordem de prisão emitida contra ele pela Suécia em um caso de estupro e agressões sexuais, acusações que nega. "Descobrimos que era possível para Julian Assange concorrer ao Senado australiano apesar de estar em prisão domiciliar", afirma o site WikiLeaks. "O estado pelo qual Julian apresentará sua candidatura será anunciado no momento adequado", completa a nota WikiLeaks.

O governo australiano criticou o WikiLeaks em várias oportunidades. A primeira-ministra Julia Gillard chamou o site de "totalmente irresponsável".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade