Publicidade

Estado de Minas

'Todos serão bem-vindos', diz presidente paraguaio sobre supostos filhos


postado em 12/06/2012 21:41

Assunção - O presidente do Paraguai e ex-bispo católico, Fernando Lugo, disse com ironia nesta terça-feira (12/6) que "todos serão bem-vindos", em referência ao reconhecimento de seu segundo filho e às ações de paternidade movidas por outras duas mulheres.

"Todos serão bem-vindos", exclamou Lugo sorrindo quando um jornalista lhe perguntou no Palácio de Governo sobre futuras ações de paternidade.

"Já está certo" - respondeu o presidente sobre o reconhecimento de Ángel, de 10 anos.

Lugo anunciou há uma semana a decisão de dar seu sobrenome a Ángel, filho da enfermeira Narcisa de Zárate, que pretendia mover uma ação de paternidade contra o presidente.

Em 2009, Lugo admitiu a paternidade de Guillermo Armindo, 5 anos, fruto de um romance com Viviana Carrillo, quando ainda era bispo da diocese católica de San Pedro, no departamento de mesmo nome.

Lugo, hoje com 60 anos, é objeto de duas ações de paternidade movidas por Benigna Leguizamón (30 anos) e Hortensia Morán (41). Ambas exigem o reconhecimento dos filhos Lucas Fernando, 9 anos, e Juan Pablo, 4.

No caso de Hortensia, o exame de DNA do presidente deu negativo, mas os advogados alegam que o sangue de Lugo foi retirado quando o presidente fazia tratamento de quimioterapia para combater um câncer linfático, o que alterou o resultado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade