Publicidade

Estado de Minas

Primeiro-ministro francês pede 'responsabilidade' por caricaturas de Maomé


postado em 18/09/2012 17:00

Paris - O primeiro-ministro francês, Jean-Marc Ayrault, afirmou nesta terça-feira (18/9) que desaprova "qualquer excesso" em relação às caricaturas de Maomé que serão publicadas na quarta-feira (19/9) na revista satírica francesa Charlie Hebdo.

"No contexto atual", o primeiro-ministro ressalta a sua "desaprovação a qualquer excesso" e pede "responsabilidade a cada um", indicou um comunicado.

 

Leia mais notícias em: Mundo

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade