Publicidade

Estado de Minas

Embaixadas francesas reforçam segurança após publicação de caricaturas


postado em 19/09/2012 06:44 / atualizado em 19/09/2012 10:37

Paris - A França adotou medidas de segurança especiais para proteger suas embaixadas, depois da publicação de caricaturas do profeta Maomé na revista satírica francesa Charlie Hebdo, anunciou o ministro das Relações Exteriores, Laurent Fabius.

"Evidentemente dei instruções para que em todos os países onde isto possa representar problemas sejam adotadas medidas de segurança especiais", declarou Fabius, que manifestou preocupação. O ministro afirmou que no contexto atual, a publicação das caricaturas do profeta pela revista "joga mais lenha na fogueira".

Leia mais notícias em Mundo

"Na França, o princípio é a liberdade de expressão. Agora, neste contexto, levando em consideração este filme estúpido, este vídeo absurdo que foi divulgado, há uma grande comoção em muitos países muçulmanos. É pertinente e inteligente jogar mais lenha na fogueira? A resposta é não", disse. "É preciso encontrar um equilíbrio", concluiu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade