Publicidade

Estado de Minas

Irmã do presidente sírio se muda para Dubai


postado em 23/09/2012 11:05 / atualizado em 23/09/2012 11:07

Dubai - A única irmã do presidente sírio Bashar al-Assad, que perdeu o marido em um atentado em julho em Damasco, se mudou com os filhos para Dubai, anunciaram moradores sírios da cidade-Estado à AFP.

Bushra al-Assad é a viúva de um dos falcões do aparelho de segurança da Síria, o general Asef Chawkat, morto em 18 de julho em um atentado que também custou a vida de outras autoridades do regime.

Irmã mais velha do presidente sírio, farmacêutica de formação de quase 50 anos, Bushra al-Assad tem cinco filhos, que se matricularam em um centro privado de Dubai, de acordo com sírios que vivem no país.

Ayman Abdel Nur, chefe de redação do site de oposição all4syria.com, afirmou que Bushra al-Assad deixou o país por divergências com o irmão. "O presidente Assad a acusou de proximidade com a oposição, já que não aprova totalmente sua política", disse Abdel Nur.


Leia mais notícias em Mundo


Com a saída do país de Bushra, o presidente sírio fica apenas com um irmão na Síria, Maher, que comanda a Guarda Republicana (unidade de elite do regime) e a quarta divisão do Exército, apontado pelos opositores como o principal artífice da repressão. Os outros dois irmãos de Bashar, Bassel e Majd, morreram.

A violenta repressão da rebelião contra o regime provocou mais de 29.000 mortes desde março de 2011, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade