Publicidade

Estado de Minas

Quatro barcos chineses entram em águas de ilhas disputadas com Japão


postado em 02/10/2012 06:34

Tóquio - Quatro barcos governamentais chineses entraram nesta terça-feira (2/10) em águas territoriais das ilhas do mar da China oriental administradas pelo Japão e reivindicadas por Pequim, anunciaram os serviços da Guarda Costeira japonesa.

Os quatro barcos chineses de vigilância marítima entraram nessas águas pouco deois das 12H30 local, enquanto que outros barcos chineses, de administração de pesca, viajavam próximos às ilhas.

A tensão cresceu nos últimos dias entre os dois países vizinhos desde a nacionalização da ilhas pelo Japão. Estas ilhas são chamadas de Senkaku pelos japoneses e de Diaoyu pelos chineses.

Leia mais notícias em Mundo

Barcos de vigilância marítima e da administração de pesca chinesese entraram várias vezes no limite dessas águas territoriais, que se extense por 22 km nas margens das ilhas.

Este arquipélago de cinco ilhas se situa 200 km a nordeste das costas de Taiwan e 400 km a oeste de Okinawa (sul do Japão).

Taipé também reivindica este arquipélago e uma pequena frota de 50 barcos de pesca escoltados por navios da Guarda Costeira entraram nessas águas territoriais em 25 de setembro passado, mas logo voltaram para casa.

Além de seu valor estratégico, as ilhas possuem ricas reservas submarinas de hidrocarbonetos.

Milhares de chineses participaram em manifestações antijaponesas, às vezes violentas, em meados de setembro em várias cidades chinesas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade