Publicidade

Estado de Minas

Greenpeace denuncia roupas impermeáveis com substâncias químicas perigosas


postado em 29/10/2012 15:56

Berlim - A roupa impermeável para esportes ou atividades ao ar livre possui muitos produtos químicos potencialmente perigosos para a saúde e o meio ambiente, alertou nesta segunda-feira (29/10) a organização ambientalista Greenpeace.

"No total, foram submetidas a um teste 14 peças de roupas para mulheres e crianças de marcas 'outdoor' com compostos perfluorados (PFC) e outros produtos tóxicos", explica o Greenpeace em seu site alemão.

Foram encontrados PFC em todas as peças da marca Gore-Tex, por exemplo.

Os compostos perfluorados são polímeros químicos usados por sua resistência ao calor, por sua impermeabilidade e pela capacidade para afastar o pó. Estão presentes em inúmeros objetos da vida diária como tecidos antiaderentes, produtos contra manchas ou certas embalagens de alimentos.

"Os PFC, como o ácido perfluorooctanoico (PFOA), se concentram no meio ambiente, nos alimentos e na água potável e também têm um impacto sobre a saúde humana", afirma o Greenpeace.

 

Leia mais notícias de Mundo

 

Os dois laboratórios independentes que realizaram as análises encomendadas pelo Greenpeace também encontraram concentrações suspeitas de PFOA em produtos das marcas The North Face, Patagonia, Jack Wolfskin, Kaikkialla, e uma calça para crianças da marca Marmot.

A organização ambientalista lançou em 2011 uma campanha chamada Detox contra a contaminação da água pela indústria química.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade