Mundo

Soldado israelense é morto nesta terça de manhã por disparo de foguete

Agência France-Presse
postado em 20/11/2012 16:18
Jerusalém - Um soldado israelense foi morto nesta terça-feira (20/11) de manhã atingido por um foguete disparado da Faixa de Gaza na região de Eshkol (sul de Israel), indicou o Exército de Israel, que registra sua primeira morte desde o início da operação militar contra o enclave palestino há sete dias.

"Posso confirmar que um soldado foi morto nesta manhã em consequência de um disparo de foguete", declarou uma porta-voz do Exército israelense.

A vítima é o cabo Yosef Fartuk, de 18 anos, indicou. Esse militar é o primeiro soldado israelense a perder a vida desde o início das hostilidades entre Israel, de um lado, e o Hamas e a Jihad Islâmica em Gaza, do outro, sua morte ocorre em meio a intensos esforços diplomáticos na região para tentar evitar uma ofensiva terrestre e obter uma trégua entre Israel e os grupos armados palestinos.

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, é aguardada nesta terça-feira à noite em Israel, que também recebeu nesta terça o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

No Cairo, o presidente egípcio, Mohamed Mursi, disse que espera que uma trégua seja instaurada rapidamente, enquanto fontes do Hamas e da Jihad Islâmica em Gaza afirmaram que uma trégua poderá ser anunciada nesta terça-feira à noite no Egito.


No entanto, as hostilidades não perderam intensidade nesta terça, com a manutenção dos disparos de foguetes palestinos em direção a Israel e dos bombardeios israelenses na Faixa de Gaza, onde 20 pessoas foram mortas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação