Publicidade

Estado de Minas

Morre o opositor tunisiano Tarek Mekki


postado em 31/12/2012 12:17

Tunis, Tunísi - O opositor tunisiano Tarek Mekki, que disputou a presidência da Tunísia nas eleições do ano passado, faleceu nesta segunda-feira (31/12) aos 54 anos vítima de um ataque cardíaco, informou a agência oficial TAP.

Até a revolução de 2011, Mekki morava no Canadá e era conhecido por mensagens de vídeo que disponibiliza na internet com denúncias dos excessos do regime de Zine El Abidine Ben Ali.

Leia mais notícias em Mundo


Ao lado do atual presidente Moncef Marzouki, ele foi um dos poucos opositores a exigir publicamente a destituição de Ben Ali e seu julgamento em um tribunal internacional.

Após a queda de Ben Ali, Mekki retornou à Tunísia e criou um partido, o Movimento para a Segunda República, em maio de 2011.

Ele boicotou a eleição para uma assembleia constituinte em outubro de 2011 depois de ter exigido a convocação imediata de eleições presidenciais com voto universal, nas quais concorreu como candidato.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade