Publicidade

Correio Braziliense

Polícia italiana prende Schiavone, poderoso chefe de organização criminosa


postado em 21/01/2013 13:42

Roma - A polícia italiana prendeu nesta segunda-feira, em Aversa, perto de Nápoles (sul), Carmine Schiavone, um poderoso chefe da Camorra, a máfia napolitana, filho do temido "Sandokan", de quem herdeou as rédeas da organização criminosa.

Considerado o "regente" do clã dos Casalesi, especializado em extorsão e tráfico de drogas, Schiavone, 30 anos, foi detido sob acusação de extorsão em primeiro grau.

O representante da poderosa família mafiosa e cujo pai se encontra na prisão desde 1998, foi detido enquanto tentava fugir pelas ruas do setor histórico de Aversa com 8.000 euros no bolso.

Leia mais notícias em Mundo


"Trata-se de um duro golpe contra a organização napolitana e esperamos que seja a estocada final", que termine por convencer as vítimas de extorsões que é melhor apresentar uma denúncia", declarou Michele Centola, que dirigiu a operação.

Quatro dos cinco filhos de Sandokan (seu verdadeiro nome é Francesco Schiavone) se encontram presos.

O clã dos Casalesi é o mais perigoso da zona e suas atividades foram narradas no livro-denúncia "Gomorra", de Roberto Saviano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade