Publicidade

Correio Braziliense

Manifestação de defensores de animais diante da alfaiataria do Papa

Defensores queriam protestar contra o uso de pele de arminho em uma capa usada pelos papas


postado em 08/03/2013 16:59

Roma - Defensores dos direitos dos animais se manifestaram nesta sexta-feira (8/3) diante da alfaiataria dos papas para protestar contra a utilização de peles de animais na fabricação da capas pontificiais. Os manifestantes, que exibiam vários acessórios de inspiração religiosa, queriam protestar contra o uso de pele de arminho em uma capa usada pelos papas.

"Vaticano 2013: um retorno à Idade Média? Não às peles", afirmava um dos cartazes expostos frente à casa Gammarelli, no centro de Roma, que veste os papas desde o século XVIII e já expôs em suas vitrines as vestimentas do novo pontífice em três tamanhos diferentes. "Papa, por favor, não use o sofrimento animal", pedia um cartaz exibido por um manifestante fantasiado de cardeal. A pele de arminho foi durante muito tempo apreciada como símbolo de uma posição social elevada, mas agora é raramente utilizada, salvo para a capa do papa.

Leia mais notícias em Mundo

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade