Publicidade

Correio Braziliense

Princesa do Japão deve viajar ao exterior em breve, diz imprensa

A ex-diplomata de 49 anos deve acompanhar seu marido, o príncipe Naruhito, em uma visita oficial à Holanda para participar da cerimônia de coroação de Willem-Alexander no dia 30 de abril


postado em 17/04/2013 10:16

Tóquio - A princesa Masako, esposa do príncipe herdeiro do Japão e que passou por um tratamento contra depressão na última década, se prepara para viajar ao exterior pela primeira vez em sete anos, indicaram nesta quarta-feira diversos meios de comunicação.

A ex-diplomata de 49 anos deve acompanhar seu marido, o príncipe Naruhito, em uma visita oficial à Holanda para participar da cerimônia de coroação de Willem-Alexander no dia 30 de abril, informou a imprensa japonesa.

Leia mais notícias em Mundo

Será a primeira viagem ao exterior desde que a família de Naruhito passou duas semanas na Holanda, em agosto de 2006, a convite da rainha Beatrix. Também será a primeira visita oficial ao exterior em 11 anos, desde que o casal viajou à Nova Zelândia e à Austrália em 2002. O gabinete de imprensa da casa imperial limitou-se a repetir que não podia confirmar as informações sobre a viagem.

Educada nos Estados Unidos, Masako aparentemente não conseguiu se adaptar à rígida tradição de uma das mais antigas monarquias do mundo. A casa imperial admitiu oficialmente em 2004 que a ex-diplomata sofria de depressão. Masako se casou com Naruhito em 1993, e em 2001 deu à luz uma menina, Aiko, em meio a fortes pressões para que tenha um filho homem, mantendo assim a tradição sucessória japonesa, reservada ao ramo masculino.

No entanto, em 2006 a esposa do irmão mais novo de Naruhito, Akoshino, teve um filho homem, o primeiro príncipe a nascer na família imperial japonesa em 40 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade