Publicidade

Correio Braziliense

Em dois dias de violência, mais de 100 pessoas morreram no Iraque

Os confrontos entre as forças de segurança e manifestantes perto de Huweija, norte do Iraque, deixaram 27 mortos na véspera, e as represálias prosseguiram nesta quarta-feira (24/4)


postado em 24/04/2013 11:38

Homem dispara durante funeral de manifestantes que morreram durante confronto(foto: Ako Rasheed/Reuters)
Homem dispara durante funeral de manifestantes que morreram durante confronto (foto: Ako Rasheed/Reuters)

Bagdá
- Cento e dez pessoas morreram no Iraque em dois dias de violências, 80 delas em confrontos e ataques nos quais estão envolvidas as forças de segurança ou em protestos, informaram fontes oficiais. A violência também deixou 187 pessoas feridas.

Leia mais notícias em Mundo

Os confrontos entre as forças de segurança e manifestantes perto de Huweija, norte do Iraque, deixaram 27 mortos na véspera, e as represálias prosseguiram nesta quarta-feira (24/4).

As manifestações contra o governo se sucedem desde o final de dezembro nas províncias de maioria sunita no norte do país para exigir a demissão do primeiro-ministro Nuri al Maliki, e o fim da marginalização que as vítimas sentem devido a sua confissão religiosa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade