Publicidade

Estado de Minas

Brad Pitt: Mastectomia de Angelina Jolie é uma escolha "heroica"

A atriz informou que antes da cirurgia existia um risco de 87% de ela desenvolver um câncer de mama e de 50% para um câncer de ovário


postado em 14/05/2013 14:23

LONDRES - O ator americano Brad Pitt, companheiro da atriz Angelina Jolie, que anunciou nesta terça-feira (14/5) que havia sido submetida a uma dupla mastectomia para evitar um risco muito elevado de câncer, saudou uma decisão "absolutamente heroica", em uma entrevista concedida ao jornal britânico Evening Standard.

"Tendo sido testemunha privilegiada desta decisão considero a escolha de Angie, assim como de muitas outras mulheres em sua situação, absolutamente heroica", afirmou Brad Pitt ao jornal. "Agradeço a nossa equipe médica por seus cuidados e por sua atenção. O que mais desejo no mundo é que ela tenha uma longa vida com boa saúde comigo e com nossos filhos. É um dia feliz para toda a nossa família", disse o ator.

Leia mais notícias em Diversão e Arte

Angelina Jolie, de 37 anos, revelou, em um artigo intitulado "Minha escolha médica" publicado nesta terça-feira no New York Times, que tinha sido submetida a esta operação por ser portadora de um gene defeituoso que aumenta o risco de câncer.

Segundo a atriz, existia antes da cirurgia um risco de 87% de ela desenvolver um câncer de mama e de 50% para um câncer de ovário, em razão da presença deste gene defeituoso (BRCA1). A mãe de Angelina Jolie morreu vítima de um câncer aos 56 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade