Publicidade

Estado de Minas

Christie's e Sotheby's leiloam US$ 1 bilhão em arte em Nova York

Um dos valores arrecadados inclui os mais de 38 milhões obtidos por Leonardo DiCaprio em um leilão de arte contemporânea destinado a obter fundos para a proteção do meio ambiente e para espécies em risco de extinção


postado em 17/05/2013 12:57 / atualizado em 17/05/2013 13:01

Nova York - A Christie's e a Sotheby's venderam nesta semana obras de arte contemporânea e moderna no valor de mais de 1 bilhão de dólares em seus leilões em Nova York, batendo vários recordes, anunciaram as duas casas. Enquanto a Christie's arrecadou 638,61 milhões de dólares, a Sotheby's totalizou vendas de 377,4 milhões, de acordo com os números finais divulgados nesta sexta-feira.

Para a Christie's, este é o montante mais alto já alcançado para uma semana de arremates de arte, com 37 recordes para artistas contemporâneos e de pós-guerra. "As notáveis ofertas e preços recorde através das quatro vendas refletem uma nova era no mercado da arte, na qual experientes colecionadores e novos licitantes competem no mais alto nível", disse seu responsável internacional de arte contemporânea e de pós-guerra, Brett Gorvy.

Leia mais notícias em Mundo

O valor de 638,61 milhões de dólares inclui os mais de 38 milhões arrecadados na segunda-feira pelo ator americano Leonardo DiCaprio em um leilão de arte contemporânea destinado a obter fundos para a proteção do meio ambiente e para espécies em risco de extinção. Entre os recordes batidos nesta semana estão o do artista americano Jackson Pollock, cuja obra "Number 19, 1948" foi vendida por 58,4 milhões de dólares.

Já a Sotheby's vendeu muitos menos que sua tradicional rival, mas também superou suas previsões. Uma pintura do alemão Gerhard Richter, "Domplatz, Mailand", foi vendida por 37,1 milhão de dólares, o que marca um novo recorde para uma obra de um artista vivo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade