Publicidade

Estado de Minas

Corpos encontrados na Espanha podem ser de jogadora holandesa e namorado

O chefe da polícia de Murcia, Cirilo Durán, revelou que se tratava de "uma morte violenta"


postado em 27/05/2013 14:38

Madri - A polícia espanhola informou nesta segunda-feira (27/5) que encontrou na região de Murcia dois corpos que ainda estão sendo identificados, mas tudo indica que são da ex-jogadora de vôlei holandesa Ingrid Visser e do seu namorado, desaparecidos há 15 dias.

"Os corpos foram encontrados e ainda estamos tentando identificá-los", disse a porta-voz da polícia local. "Tudo indica que tratam-se (dos corpos) das pessoas desaparecidas, mas ainda não podemos certificar nada", declarou numa coletiva de imprensa o delegado do governo espanhol na região, Joaquín Bascuñana, que revelou que o resultado da necropsia será conhecido ainda nesta segunda-feira.

Leia mais notícias em Mundo

O chefe da polícia de Murcia, Cirilo Durán, revelou que se tratava de "uma morte violenta". "A identificação absoluta dos cadáveres ainda não está feita", explicou Durán, que espera o resultado dos exames de DNA, mas adiantou que "pelos sinais externos pensamos que são os desaparecidos".

Visser, de 35 anos, e o namorado, Lodewijk Severein, de 57, desapareceram no dia 13 de maio na região de Murcia e o carro do casal foi encontrado nove dias depois na cidade na qual o deixaram na última vez em que foram vistos. Os corpos foram encontrados na noite de domingo, enterrados em uma plantação de limão ao lado de uma casa.

O desparecimento de Visser causou muita emoção na Holanda, onde ficou famosa por ter disputado mais de cem partidas com a seleção local de vôlei. De acordo com Bascuñana, o crime pode ter sido cometido numa casa situada na cidade da localidade de Molina de Segura. "A polícia científica investigou esta casa e confirmou que um ato violento havia sido cometido no local. Com as provas encontradas, uma pessoa está sendo detida em Valência", explicou o delegado.

Familiares da ex-jogadora, que lançaram um site para recolher informações sobre o caso, viajaram à Espanha quando souberam que a polícia havia encontrado dois corpos. "As autoridades estão comprovando a identidade e mais tarde nos comunicarão oficialmente se realmente são os corpos deles", explicou a porta-voz da família, Miriam Van de Velde.

Campeã europeia com a seleção holandesa em 1995, Visser jogou no time de vôlei de Murcia de 2009 a 2011.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade